Ney Júnior é o novo líder do Prefeito Carlos Eduardo na câmara

O Vereador de Natal pelo PSD, Ney Júnior aceitou o convite do Prefeito Carlos Eduardo para ser seu líder na câmara municipal, ajudando ao executivo a aprovar os projetos de interesse da cidade.

DSCN7641.JPG

Anúncios

Beto discursa em apoio ao “Grito das Facções” na Câmara Federal

Em defesa da geração de emprego e renda no Rio Grande do Norte, o deputado federal Beto Rosado (PP) discursou, nesta terça-feira (19), a favor do “Grito das Facções”, ocorrido no último sábado (16), no município de São José do Seridó, contra a ação do Ministério Público do Trabalho (MPT) que multa o Grupo Guararapes em R$ 38 milhões. 

O parlamentar destacou que o País já dá indicadores econômicos positivos e que esse excesso do MPT provocar o desemprego de 5 mil pessoas que sobrevivem da tecelagem no interior do Estado, incluídas no projeto Pró-sertão, e 8 mil que trabalham na empresa diretamente. 

“O grupo Guararapes é um dos maiores incentivadores da geração de empregos no Rio Grande do Norte. Milhares de famílias estão ligadas à produção, recebendo suas remunerações regularmente, com todos os benefícios pagos. O MPT se excedeu. O caminho não é esse. Precisamos gerar mais empregos e não tirar os que temos”, ponderou Beto Rosado.

Garibaldi emite nota sobre impasse do MPT e Guararapes

Nestee momento em que assistimos tanta radicalização em diversos setores do nosso e de outros países, quero externar uma palavra de conciliação e um pedido de que seja negociado um acordo entre o Ministério Público do Trabalho e a Guararapes Confecções. O Rio Grande do Norte não pode desperdiçar os valiosos empregos que a companhia oferece, ao mesmo tempo em que os trabalhadores devem ter respeitados os seus direitos.

Durante tantos anos de vida pública, sempre pautei minha atuação no seguro alicerce construído a partir da negociação e da busca do acordo. Esta é a receita que sugiro ao novo grupo de trabalho anunciado hoje de manhã pelo Ministério Público do Trabalho e também aos representantes da Guararapes, que em breve sentarão à mesa para tratar da Ação Pública Civil recém iniciada.
Por outro lado, quero externar a minha solidariedade aos trabalhadores das facções têxteis, além de dizer a eles que continuo à disposição para auxiliar nessa luta para a manutenção de empregos tão valiosos para milhares de famílias e para a economia do Rio Grande do Norte. Acredito e confio que os envolvidos na negociação poderão, em breve, anunciar a melhor saída para o atual impasse.
Senador Garibaldi Filho 

Bancada Federal leva Governador ao Ministro da Integração em busca de recursos no combate a seca 

Do Coordenador da Bancada Federal Felipe Maia

Audiência com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, a bancada federal do Rio Grande do Norte, com o governador do RN, Robinson Faria, deputados estaduais e prefeitos do estado solicitamos a liberação de recursos na ordem de R$ 88 milhões para a execução de medidas emergenciais e ações de enfrentamento à seca. Infelizmente, o abastecimento de água está comprometido em diversas cidades do RN. 

O Ministro reconheceu a importância do pleito e prometeu que nas próximas duas semanas irá ao Ministério do Planejamento, para que seja liberada uma suplementação ou remanejamento de recursos para atender a nossa solicitação. 

A Defesa Civil Estadual já alertou que o RN se enquadra em uma situação de emergência. É uma luta constante da bancada federal, levar água de qualidade para o RN. Estivemos todos unidos em prol do nosso estado para garantir um abastecimento de água efetivo a população potiguar. 

Audiência debate implementação de consórcio intermunicipal de segurança

Através de uma proposição do vereador Aroldo Alves (PSDB), a Câmara Municipal de Natal debateu nesta manhã (20) a formação de um consórcio intermunicipal de Segurança na região metropolitana de Natal. A audiência Pública foi ocasionada pelo crescimento da violência e criminalidade no estado, especialmente na Grande Natal, que necessita de medidas efetivas para combater o problema. Participaram representantes da segurança pública municipal e estadual, de setores produtivos como a Fecomércio,  parlamentares de outros municípios, populares e líderes comunitários, bem como os vereadores Fulvio Mafaldo (SD), Robson Carvalho (PMB) e Preto Aquino (PEN).

“A Câmara Municipal tem o dever e o direito de participar desse debate. O consórcio público de segurança metropolitana é o caminho e cabe aos gestores efetivá-lo. Precisa de iniciativa dos gestores mas estamos aqui para evoluir nesse debate e vamos continuar provocando a discussão. Vamos solicitar a reativação do Conselho Metropolitano para, a partir daí, implementar esse consórcio”, disse o vereador Aroldo Alves ao relatar sobre o aumento da criminalidade no estado. Segundo destacou, um consórcio público voltado para a área de segurança pública pode ser mais uma forma de gerir melhor recursos humanos e materiais logísticos, através de ações conjuntas e estratégias planejadas entre os municípios.

O delegado Cleiton Pinho, representando a Secretaria Estadual de Segurança e Defesa Social, também defendeu a união das forças de segurança. “A segurança pública passa pela integração das forças de segurança municipais. Estamos em tratativas e verificamos que o caminho que temos não é outro se não a integração”, disse. O Governo já planeja executar essas ações integradas. Renato Cunha Lima, coordenador da Secretaria Estadual de Planejamento para a região metropolitana, explicou que já estão em andamento as ações para integrar as guardas municipais com a polícia. “Em dois meses queremos apresentar para o Conselho de Desenvolvimento Metropolitano, o Parlamento Comum da região Metropolitana e para a Assembleia Legislativa. Desde 97 existe o conselho e em 2016 foi criado o grupo de trabalho para a segurança publica onde se discute essa medida”, revela.

Da parte do município de Natal, a Guarda Municipal apresentou suas ações no combate e na prevenção da violência com projetos voltados para estudantes. A Secretária Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Andrea Ramalho, representou o prefeito Carlos Eduardo e disse que todas as informações debatidas serão lavadas ao chefe do executivo e destacou que é preciso também investir na assistência social e educação para prevenir a violência. “Levarei ao prefeito as colocações e preocupações de todos aqui e penso que o investimento social tem que caminhar lado a lado com as políticas de segurança. Precisamos caminhar lado a lado para colhermos os frutos mais à frente”, disse a secretária.

Prefeitura do Natal conclui o pagamento do funcionalismo referente a agosto

A Prefeitura do Natal conclui nesta quarta-feira (20) o pagamento do funcionalismo público municipal referente ao mês de agosto. A folha dos servidores públicos municipais gira em torno de R$ 100 milhões mensais e a gestão municipal tem feito diversos esforços, cortado despesas e enxugado gastos. O que tem possibilitado pagar mais de 60% dos servidores até o dia 5º útil, como aconteceu novamente este mês.