Senadora Fátima vai propor a criação de caravana em defesa do forró

Durante audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), realizada nesta segunda-feira (20), em João Pessoa (PB), que discutiu tornar o forró patrimônio imaterial do país, a senadora Fátima Bezerra anunciou que vai propor a criação de uma caravana para percorrer os estados do Nordeste em defesa do forró de raiz. 
“Vou apresentar na comissão o pedido para a realização de uma caravana em defesa do forró de raiz. Vamos percorrer todos os estados do Nordeste para debater a importância dessa que é uma das manifestações culturais mais genuínas, que reflete a identidade do povo nordestino”, anunciou Fátima Bezerra, presidenta da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado.
Representante do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Pedro Clerot detalhou o andamento do processo para tornar o forró patrimônio imaterial do Brasil. Segundo ele, o pedido foi avaliado em 2013 e a partir daí iniciadas as etapas para a elaboração da pesquisa. “Em parceria com forrozeiros, o Iphan elaborou uma carta de intenções que norteará a pesquisa durante os dois anos de trabalho. É preciso recursos na ordem de R$ 400 mil”, pontuou. 
Em resposta, o deputado federal Luiz Couto lamentou a falta de recursos do Iphan, o corte nos investimentos do governo federal e anunciou a destinação de uma emenda no valor de R$ 100 mil para que a pesquisa possa ser iniciada. Outra emenda do mesmo valor foi apresentada pela senadora Fátima.
O secretário de Cultura da Paraíba, Lau Siqueira, que destacou a importância do forró o classificando como “o nosso estilo de vida”, considerou a audiência como “um momento histórico”.
A coordenadora do Fórum Forró de Raiz, Joana Alves, parabenizou a senadora Fátima pela realização da audiência devido “a relevância da temática na preservação da cultura”. “Estou muito grata. Vamos caminhar de mãos dadas em prol dessa luta”.
Por fim, a senadora Fátima Bezerra avaliou a audiência como extremamente positiva. “Demos o pontapé inicial para a retomada do processo de registro do forró como patrimônio imaterial no Brasil. Se ao frevo, merecidamente, foi dado o título de patrimônio imaterial do país, porquê não homenagear o forró por tudo o que ele representa? O forró de Gonzagão, de Jackson do Pandeiro, de Samuca, de Elino Julião, de tantos outros grandes nomes”, finalizou.

Anúncios

Carlos Eduardo participa de missa na Pedra do Rosário


Os primeiros raios de sol atingiam as margens do rio Potengi quando a imagem de Nossa Senhora da Apresentação ancorou para a primeira missa em honra a padroeira de Natal desta terça-feira (21). A população a recebeu com entusiasmo. O prefeito Carlos Eduardo e a primeira-dama Andréa Ramalho assistiram à celebração, realizada na Pedra do Rosário, no Passo da Pátria.

A missa foi celebrada pelo vigário episcopal da Arquidiocese da capital potiguar, Padre Flávio Herculano. Esta é a edição de número 264 da festa da padroeira da cidade e está inserida na programação do Natal em Natal.

A população venceu o sono e o cansaço e desde a meia-noite permaneceu em vigília, aguardando o início da missa. Nem a chuva que caiu no início da manhã espantou os fiéis. A dona de casa Maria das Dores chegou a local às 3h30 da manhã. A moradora do bairro do Tirol contou que participa todos os anos da missa matinal e como de costume pediu a Nossa Senhora da Apresentação bênçãos e proteção para a sua família: “Ela é a mãe de Deus e nossa mãe. Estar aqui fortalece a minha fé”, declarou.

O prefeito Carlos Eduardo fez a segunda leitura da liturgia da celebração e falou sobre a importância da festa da padroeira para a cidade: “Esta é a festa popular mais antiga de Natal e como em todas os anos a nossa administração a apoia e incentiva. Além disso, é sempre importante participarmos deste momento para rogar sobre nós e sobre a cidade a poderosa intercessão de Nossa Senhora da Apresentação”.